Justiça Eleitoral, Polícia Federal e Militar irão combater a compra e venda de votos a noite em Iguatu

Setembro 29, 2016 Sem comentários »

O Ministério Público Eleitoral de Iguatu, órgão responsável por inspecionar e garantir a lisura das eleições, vai intensificar a fiscalização de crimes eleitorais na cidade, no período da noite  nos próximos dias que antecedem a votação. A operação, será realizada com o apoio da Polícia Federal (PF) e da Polícia Militar (PM), que colocou a disposição da justiça eleitoral, o Grupo RAIO e o Ronda do Quarteirão, a ação visa flagrar panfletagem irregular nas ruas e compra de votos no período noturno.

As ações começam as 22h desta quarta(28) e se encerram às 7h, deste domingo (2), pouco antes da votação (marcada para começar às 8h). O horário foi definido desta forma porque será implementada a fiscalização de crimes eleitorais precisamente nestes horários.

O anúncio foi realizado durante um encontro com os candidatos a prefeito de Iguatu, nesta terça(27), “vamos estar por toda a região, perto de comitês e acompanhando locais de votação. A panfletagem depois das 22h é crime. Vamos tentar diminuir essas ocorrências e flagrar quem estiver praticando algum ato ilícito como a compra e venda de votos no período da noite, carros e motos suspeitos serão abordados pelos militares neste período. E lembrando que durante o dia a movimentação será a mesma ”, disse o juiz eleitoral Hyldon Masters.

dsc_0048

Durante o encontro o promotor eleitoral Fernando Miranda, foi muito enfático ao dizer que não irá tolerar ações violentas na cidade, e para isto, a Polícia Militar estará com toda força nas ruas, “ estamos observando muitos atos violentos em algumas cidades, isto não vai acontecer em Iguatu. Tudo está em paz até o momento e deve continuar assim, e para isto trouxemos o comandante do 10ºBPM, Tenente-Coronel, Tibúrcio, que também garantiu isto”, disse durante o encontro.

Os dois candidatos a prefeito, Aderilo Alcântara e Ednaldo Lavor, aprovaram as medidas e confirmaram para os representantes da justiça eleitoral que trabalharão neste final de campanha para que o processo eleitoral continue com a tranquilidade.

 

Polícia Federal na busca de fakes no Facebook

dsc_0063

Durante uma entrevista ao portal Iguatu.net o juiz eleitoral, Hyldon Masters falou sobre a investigação de dois perfis fakes que são utilizados para difamar políticos na cidade. “ Já denunciamos ao Ministério Público que encaminhou para a Polícia Federal em Juazeiro do Norte, que está a frente do caso”, disse.

O representante da justiça eleitoral, afirmou que a fiscalização continua para aqueles que possui perfis verdadeiros no facebook, “ algumas multas pesadas foram aplicadas a vários internautas que compartilharam notícias inverídicas e queriam atrapalhar o processo, e alertamos a todos que a liberdade de expressão existe, mas o internauta deverá assumir as consequências do que escreve na justiça caso seja preciso”, finalizou.

Assunto Relacionado

Comente