Vigilância Epidemiológica de Iguatu desmente boatos sobre caso de microcefalia

Dezembro 4, 2015 Sem comentários »

A Secretaria Municipal de Saúde de Iguatu não recebeu nenhuma notificação de recém-nascidos com microcefalia ou alguma grávida que tenha sido detectado esta situação durante a gestação. Em entrevista ao portal Iguatu.net nesta quinta-feira,03, a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Dagila Carvalho afirmou que desconhece algum caso em Iguatu.

O questionamento acontece devido a alguns boatos que circularam através de redes sociais na internet, onde afirmavam que um caso de microcefalia havia sido detectado por uma pessoa que atua na área da saúde em Iguatu.

Dagila explicou que para realizar a investigação dos casos suspeitos e seja feita a confirmação do diagnóstico, é preciso que o hospital ou clínica notifique a Vigilância Epidemiológica e a Secretaria de Saúde, o que não ocorreu até o momento.

Apesar de não possuir casos confirmados, a coordenadora da Vigilância Epidemiológica afirmou que já está sendo discutida a criação de outras ações para receber casos suspeitos.

“ Todo os dias acompanhamos informações de hospitais e clínicas em Iguatu e até o momento não existe nenhum caso confirmado ou que foi detectado alguma suspeita, fora disto tudo são boatos que infelizmente tomam conta das redes sociais”, afirmou Dagila Carvalho.

A representante da Vigilância Epidemiológica também fez um pedido, “ este não é o momento para boatos, e sim de colaboração, a informação é importante e precisamos do apoio de todos, soube de algo, viu alguma informação e tem a convicção do que está falando, não vá para as redes sociais, nos informem pois saberemos encaminhar e emitir alertas sobre a situação para tranquilizar a todos e passar o informativo para o estado”, destacou.

O assunto será destaque no programa A Voz do Centro Sul nesta sexta-feira,04, as 07h da manhã na Rádio Liberdade 870 AM.

Assunto Relacionado

Comente