Governador diz que ainda é cedo para discutir retirada de água do Orós para o Castanhão

Dezembro 3, 2015 Sem comentários »

O governador Camilo Santana disse que ainda é cedo para decidir sobre a transferência de água do Açude Orós para o Açude Castanhão com o objetivo de atender a demanda de consumo de água para a Região Metropolitana de Fortaleza.
Recentemente, o secretário de Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, disse que a transferência poderá ser feita em abril de 2016 caso não ocorra chuvas suficientes para a recarga do Castanhão.

Camilo Santana foi taxativo: “Está muito cedo ainda para avaliar, mas claro que se houver situação emergencial vamos fazer, mas o Orós é uma garantia, uma segurança, e só vamos usar em último caso”.

O governador reafirmou que espera as águas do Rio São Francisco chegar ao Ceará em agosto de 2016 a partir do Riacho dos Porcos, em Jati, no Sul do Ceará. “As elevatórias já estão praticamente concluídas e isso vai facilitar a transposição. A garantia que me deram foi essa de julho, agosto, estou trabalhando com agosto”, disse. “Em 2017, será uma realidade”.

Diário do Nordeste

Assunto Relacionado

Comente